O Livro do Não. / Autora: DANGAREMBGA, Tsitsi.

R$ 56,90
ou 11 x R$ 5,98
. Comprar  
O Livro do Não (original The book of Not, 2006) é o segundo livro da trilogia da escritora e ativista do Zimbábue – Tsitsi Dangarembga
A protagonista da trilogia é Tambu (Tambudzai Sigauke), uma adolescente de origem shona. No
primeiro livro (Condições nervosas) Tambu estudava em uma escola missionária em sua aldeia natal, no Zimbábue (Rodésia, antes da independência, em 1980). Nesse segundo livro (O livro do Não), cuja história se passa no período final da luta de libertação do Zimbábue até sua independência, Tambu é estudante no Colégio para Moças Sagrado Coração, internato religioso com maioria de alunas brancas. Tambu se esforça para atingir a excelência nos estudos, mas se depara com questões desafiadoras, como a discriminação racial e social, e o não reconhecimento de seu esforço escolar e, mais tarde no meio profissional. Tambu percebe que as forças políticas e históricas do colonialismo permanecem enraizadas no tecido social do Zimbábue. É um livro que, ao mesmo tempo que nos revela a história do Zimbábue, emociona e convida o leitor a acompanhar a saga de uma personagem sempre em processo de reflexão e luta, da mesma forma que a autora dessa incrível trilogia.

O Livro do Não 
é o segundo livro de uma trilogia, cuja sequência é composta pelo seguinte livro Condições Nervosas. O terceiro é Esse corpo lamentado.



Tsitsi Dangarembga nasceu na Rodésia, Zimbábue após a independência do país (1980). É escritora, cineasta, dramaturga, poeta, professora e mentora. Atualmente vive em Harare, capital do Zimbábue, com seu marido e dois filhos.
Fez seus anos escolares iniciais no Zimbábue, e seus estudos universitários na Universidade de Cambridge, no Reino Unido, e na Universidade do Zimbábue. Tem mestrado, com honras, em Cinematografia pela Academia Alemã da Cinema e Televisão de Berlim (1996).
Tsitsi é feminista e ativista. É idealizadora e diretora de diversos projetos e programas que dão suporte financeiro e técnico para mulheres que atuam como artistas e cineastas no Zimbábue e na África como um todo. Entre eles estão o Institute of Creative Arts for Progress in Africa que, sob o lema “Quando mudamos a África, mudamos o mundo”, financia peças de arte transformadoras, com especial ênfase na abertura de portas e caminhos para jovens que trabalham com cinema, especialmente mulheres.
Outro projeto é African Women Filmmakers’ Hub (AWFH), um programa pan-africano de treinamento, mentoria e desenvolvimento de capacidades para cineastas africanas, presente em onze países da África. Esse projeto continua o trabalho que ela começou como Presidente do Women Filmmakers of Zimbabwe, posição que ocupou de 2000 a 2005.
Além de atuar na área do cinema, sua obra inclui livros de literatura, de ensaios e peças para teatro.
Tsitsi Dangarembga foi a primeira mulher negra do Zimbábue a publicar um livro em inglês: Nervous conditions (1988).  É o primeiro volume da trilogia Tambudzai, da qual fazem parte Nervous conditions (1988), The book of Not (2006) e This mournable body (2018).
Em teatro, um dos destaques é o livro She no longer weeps, atualmente adotado nas escolas secundárias do Zimbábue.

 
---------------------------------------------------
Veja também:
Preta e mulher
 
• Prazo para postagem:
Veja também