Água Doce. / Autor: EMEZI, Akwaeke

R$ 52,90
ou 10 x R$ 6,04
. Comprar  
Água doce (Freshwater), de Akwaeke Emezi, da Nigéria, é um livro como nenhum outro. Com uma linguagem crua e, ao mesmo tempo, sensível, a obra celebra a possibilidade do ser múltiplo, os muitos “eus” que podem existir dentro de qualquer um.
 
Ada sempre foi estranha. Quando criança, vivendo no sul da Nigéria, a família se preocupa com ela. Seguindo a tradição, os pais rezaram para consolidar a existência da criança ainda no ventre, mas algo deu errado: talvez os deuses tenham esquecido de fechar a porta, pois Ada nasceu com “um pé do outro lado”, e começa a desenvolver diferentes personalidades. Quando ela vai para os Estados Unidos para a universidade, um evento traumático acaba sendo o catalizador que transforma esses muitos “eus” em algo mais forte. Ada vai desaparecendo e dando lugar a esses outros seres – às vezes, protetores, às vezes, algozes. Com isso, sua vida vai saindo de controle e se move em uma direção perigosa.


“Água Doce” foi traduzido para seis línguas, além de finalista do “First Novel Prize da Center for Fiction” “Women’s Prize for Fiction” e pre-finalista do “Aspen Words Literary Prize”, do “Carnegie Medal of Excellence” e do “The Brooklyn Public Library Literary Prize”.

 

Akwaeke Emezi
Nasceu em 1987, na Nigéria, em Umuahia, mas cresceu em Aba. Atualmente vive nos Estados Unidos. Em 2017, recebeu uma bolsa do “Global Arts Fund”para realizar a videoarte de seu projeto The Unblinding, e uma bolsa “Sozopol Fellowship for Creative Nonfiction”.
Akwaeke identifica-se como Ogbanje, palavra da cultura Igbo que significa um espírito intruso que nasce em uma forma humana, e que resultaria em uma criança com um terceiro gênero. Traduzindo isto para sua realidade terrena, Akwaeke nasceu em um corpo feminino, mas não é mulher, identificando-se como trans e utilizando pronomes neutros para se referir a si. No texto “Transition: My surgeries were a bridge across realities, a spirit customizing its vessel to reflect its nature”, publicado no site The CutAkwaeke fala de suas cirurgias e experiências para adequar seu espírito à realidade física.

 
  -------------------------------------------------------------------

  Veja também neste site outra obra desta mesma autora:
"PET"

<em style="box-sizing: border-box; color: rgb(109, 109, 109); font-family: " source="" sans="" pro",="" helveticaneue-light,="" "helvetica="" neue="" light",="" neue",="" helvetica,="" arial,="" "lucida="" grande",="" sans-serif;="" background-color:="" rgb(255,="" 255,="" 255);"="">
• Prazo para postagem:
Veja também